Discografia Lojinha

Arco

Lançamento em todas as Plataforma Digitais pela YB Music e Selo Circus em 2016.

ARCO é um disco de mulheres, sobre libertação e empoderamento do gênero, para além dos gêneros. No final de 2014 Iara Rennó (guitarra e voz) chamou Mariá Portugal (bateria e mpc) e Maria Beraldo Bastos (clarone), formando o trio MACUNA para reinterpretar as canções de Macunaíma Ópera Tupi (Iara Rennó, Selo SESC, 2008). Da sonoridade eletrizante deste encontro surgiu a idéia de gravar o disco, com músicas autorais e inéditas, com parceiros como Alice Ruiz, Alzira E e ainda uma música composta sobre fragmentos de textos de Eduardo Viveiros de Castro. Projeto gráfico de Rodrigo Sommer. Lançamento ybmusic/ Selo Circus.

SAIBA MAIS

Flecha

Lançamento em todas as Plataforma Digitais pela YB Music e Selo Circus em 2016.

FLECHA surge do re-encontro musical com Curumin, e sua parceria na produção. No repertório músicas com Gustavo Galo, Paulo Leminski, Negro Leo, Domenico Lancellotti e Bruno di Lullo, entre outros. Na banda, integrantes do Bixiga 70 (Maurício Fleury, Cuca Ferreira, Daniel Gralha e Douglas Antunes), além de Lucas Martins, Gustavo Cabelo e Maurício Badé, resultando em swingue percussivo dançante. O disco conta ainda com as participações de Ava Rocha e Mãeana. Projeto gráfico de Rodrigo Sommer. Lançamento ybmusic/ Selo Circus.

SAIBA MAIS

I A R A

Lançado pelo selo Jóia Moderna em 2013

Por Romulo Fróes: “Antes de mais nada é preciso dizer uma coisa: I A R A é um disco de rock! E aqui, não me refiro ao gênero, mas ao espírito transgressor próprio do estilo em seus melhores momentos. O disco, cumpre com sucesso o que parece ser o seu desejo. Reconhecemos nele a grande obra que Iara Rennó vem construindo ao longo de sua carreira, ao mesmo tempo que nos surpreendemos com sua reinvenção. Em Já Era, faixa que abre o disco, Iara canta: "Já era, já era seu, já era seu ventre, já era seu ventre a casa" e confessa: "só faltavam asas e agora já não falta quase nada". Já era Iara antes. E agora mais do que nunca, já é!”

SAIBA MAIS

Macunaíma Ópera Tupi

Lançado pelo Selo Sesc em 2008

No CD Macunaíma Ópera Tupi, do Selo SESC, a cantora, compositora, instrumentista, arranjadora e produtora musical Iara Rennó canta composições feitas de fragmentos da obra Macunaíma – o herói sem nenhum caráter, de Mário de Andrade.
Assinam as produções musicais, junto com a a cantora, artistas como Siba, Kassin, Moreno Veloso, Benjamin Taubkin, Beto Villares, Alexandre Basa, Maurício Takara, Daniel Ganjaman, Quincas Moreira e Buguinha Dub. Participam do disco como convidados Tom Zé, Fuloresta, Arrigo Barnabé, Dante Ozetti, Funk Buia, Barbatuques, Tetê Espíndola, Toca Ogã, Da Lua, Bocato e Anelis Assumpção, entre outros.


SAIBA MAIS

A.B.R.A. Pré-Ca

∆m¥gø$ ß∆nd¥døs Res¥den†es Nø Amør Pré C∆rn∆v∆L em 2013

O nome é auto-explicativo: A.B.R.A Pré-Ca - ∆m¥gø$ ß∆nd¥døs Res¥den†es Nø Amør Pré C∆rn∆v∆L. Lançado originalmente em fevereiro de 2012 pelos amigos contaminados pelo clima carnavalesco de seus próprios corações batendo em síncope, pela beleza do Rio de Janeiro e das ladeiras de Santa Tereza, no pré-carnaval de 2011, Iara Rennó , Cibelle, e Rubinho Jacobina tiveram um surto de composição de marchinhas carnavalescas. Foram tantas as marchas, que se decidiu montar um Bloco de carnaval, o A.B.R.A. Pre-Ca. A grande novidade para o carnaval de 2013 é a marchinha “99 não é 100”, de Ruben Jacobina e Iara Rennó, uma das 10 finalistas do 8˚ Concurso Nacional de Marchinhas Carnavalescas cuja final foi transmitida pelo Fantástico, com votação popular por telefone.


SAIBA MAIS

Filme Brasileiro

Junto ao Grupo DonaZica em 2005

Em 2001, ao lado de Andréia Dias e Anelis Assumpção, Iara formou o grupo DonaZica, um dos nomes da nova música vanguardista de São Paulo. O grupo lançou em 2005 o álbum "Filme Brasileiro" muito elogiado pela crítica. São sete músicas inéditas, incluindo composições próprias como "Salve" e "Vixe Maria", parcerias como "Desperte" com Alzira Espíndola e "Nua e Crua (Psico-Samba)" com Bnegão, além de uma carta na manga de Itamar Assumpção, "Mulher Segundo Meu Pai".


SAIBA MAIS

Composição

Junto ao Grupo DonaZica em 2003

Lançado em dezembro de 2003, COMPOSIÇÃO foi o primeiro álbum da banda DonaZica, todo autoral, apresentando com ineditismo as compositoras Iara Rennó, Andréia Dias e Anelis Assumpção.


SAIBA MAIS